NOTÍCIAS

Seminário debaterá “Estado de Direito ou Estado de Exceção?”

Leia mais

OAB PEDE IMPEACHMENT DE TEMER POR OMISSÃO E QUEBRA DE DECORO

Leia mais

TODAS AS NOTÍCIAS

VÍDEOS

TODOS OS VÍDEOS

PERFIL

Valmir Prascidelli

É deputado federal pelo PT-SP, eleito para a 55ª legislatura (2015/2018).

É membro da Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania - CCJC, da Comissão de Trabalho, Administração e Serviço Público - CTASP e da Comissão Especial para Análise, Estudo e Formulação de proposições relacionadas á Reforma Política. Foi integrante do Conselho de Ética e Decoro Parlamentar e da CPI da Petrobras. É integrante do Centro de Estudos e Debates Estratégicos da Câmara dos Deputados - CEDES e vice-presidente na região Sudeste da Frente Parlamentar em defesa da cadeia produtiva de reciclagem e dos catadores.

Bacharel em Direito, faz parte de uma nova geração de lideranças do PT.

Eleito em 2012 vice-prefeito de Osasco, a 4ª cidade com maior PIB (Produto Interno Bruto) do Estado e a 11ª do país, ocupou o cargo até sua posse como deputado.
Foi vereador em Osasco (2009/2012), onde foi líder do governo, presidente da Comissão de Economia e Finanças e membro da comissão de Constituição e Justiça. Foi Secretário de Esportes em Osasco (2007/2008) e de Habitação no município de Embu das Artes (2001/2002). Também foi Presidente da CEAGESP - Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais de São Paulo (2003/2005), a maior central de abastecimento da América Latina e a terceira maior do mundo.

Iniciou sua participação política na juventude com intensa militância, como estudante e metalúrgico, nos movimentos popular e sindical, além de ter participado das fundações do PT e da CUT.

Foi da direção estadual e da coordenação do Departamento dos Metalúrgicos da CUT-SP.

No PT, foi presidente do Diretório Municipal de Osasco e Coordenador da Macrorregião Osasco.


Logo DOWNLOAD DA MARCA E FOTO

BIOGRAFIA

Linha do Tempo

IMAGENS DO MANDATO

Acompanhe as fotos históricas

DESTAQUE

Ocupa Brasília: 150 mil trabalhadores protestam contra Temer e o retrocesso de suas reformas

25/05/2017

A capital federal foi palco de um momento histórico nesta quarta-feira (24). Brasília ficou repleta de trabalhadores, de todos os cantos do país, vestindo as cores das centrais sindicais e dos movimentos sociais que organizaram a mobilização contra o governo do presidente Michel Temer.

O grito de “Fora Temer” ecoou por toda a Esplanada dos Ministérios, na boca de 150 mil manifestantes presentes, entre eles jovens, idosos, crianças, trabalhadores do campo e da cidade, negros e índios, todos em prol de um único objetivo: Eleições Diretas Já.

De acordo com o deputado federal Valmir Prascidelii (PT-SP) esse foi um recado da insatisfação da sociedade com o ilegítimo governo de Michel Temer e contra as reformas que penalizam os mais pobres e os trabalhadores. “A população mostrou com esse ato que não quer as temerárias reformas que destruirão a Previdência Social e a legislação trabalhista, e muito menos esse governo corrupto que quer entregar o Brasil nas mãos do capital internacional. A população quer o Temer fora, quer eleições diretas, porque a população quer ser protagonista e participar do futuro do Brasil escolhendo o próximo presidente”.

Entretanto, a harmonia e beleza da mobilização foram quebradas por mascarados infiltrados que resolveram promover a rebeldia e o vandalismo nas ruas. Os chamados, blackblocks armados com bombas de gás e pedaços de madeira se voltaram contra a polícia e contra os trabalhadores que estavam no local, por sua vez, o governo covarde e autoritário reagiu com o poder policial contra todos os presentes, tentando calar a voz dos inocentes que estavam no local.

Os partidos de oposição e as centrais sindicais reafirmaram na ocasião, a disposição de continuarem lutando por eleições diretas e se for necessário, uma grande greve geral por tempo indeterminado. “O governo de Temer e os retrocessos que ele quer impor ao país enfrentarão cada vez mais resistência e mobilização por parte do parlamento e da sociedade. Estamos atentos. A luta continua”, afirmou Prascidelli.

O movimento foi organizado pelas seguintes entidades: Central Única dos Trabalhadores (CUT), da Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB), União Geral de Trabalhadores (UGT), Força Sindical, Nova Central Sindical dos Trabalhadores (NCST), Central Geral dos Trabalhadores do Brasil (CGTB), Intersindical, CSP-Conlutas e Central dos Sindicatos Brasileiros (CSB) e pela Frente Povo Sem Medo e Frente Brasil Popular.

Mais destaques



Trabalho parlamentar

Papel do parlamentar

O deputado federal desempenha três funções primordiais para a consolidação da democracia: representar o povo brasileiro, fazer leis referentes a assuntos de interesse nacional e fiscalizar a aplicação dos recursos públicos.

saiba mais

Comissões

A Câmara Federal possui Comissões Parlamentares, Permanentes ou Temporárias, com funções legislativas e fiscalizadoras. Os membros das comissões também propõe debates e discussões com a participação da sociedade sobre todos os temas ou assuntos de seu interesse. O deputado federal Valmir Prascidelli é titular nas Comissões Permanentes CCJC e COETiCA e na comissão parlamentar CPIPETRO. Também é suplente na CTASP.

saiba mais

Proposições

São as propostas de emenda à Constituição, os projetos, a emenda, a indicação, o requerimento, o recurso, o parecer e a proposta de fiscalização e controle. Acompanha como está está o andamento das proposições de Valmir Prascidelli

saiba mais

FALE COM O DEPUTADO



Acesse nossas redes sociais:




Brasília: Praça dos Três Poderes . Câmara dos Deputados
Gabinete: 837 . Anexo: IV . Brasília/DF . CEP: 70160-900
Telefone: 61 3215-5837

Osasco: Escritório Político . Rua General Bittencourt, 170
Centro . Osasco/SP . CEP: 06016-040
Telefone: 11 3685-2164